segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

GUSTAV KLIMT




Gustav Klimt, um dos meus pintores preferidos de sempre, nasceu em Baumgarten, Viena, a 14 de Julho de 1862. Foi um pintor simbolista austríaco. Estudou desenho ornamental na Escola de Artes Decorativas e destacou-se dentro do movimento Art nouveau austríaco. Foi um dos fundadores do movimento da Secessão de Viena, que recusava a tradição académica nas artes. Membro honorário das Universidades de Munique e Viena, tem uma obra multifacetada que espelha, em parte, aspectos da sua vida, colorindo-a ou dando-lhe uma certa monocromia, de acordo com os acontecimentos da sua vida. "Danae" e "O beijo", ambos do período dourado de Klimt (1907/08), são obras particularmente consensuais entre os apreciadores de arte. Mas vale a pena conhecer também os seus esboços e murais.

sábado, 26 de dezembro de 2009

Penela e o seu Presépio vivo







Câmara Municipal de Penela



Penela, vila situada no Distrito de Coimbra, tem o seu Foral datado de 1137.
Nesta vila, cujo castelo fazia parte da linha defensiva do Mondego, habitam cerca de 6000 pessoas.
Com ruas de calçada, casas brancas e encostas agradáveis de percorrer a pé, vê as suas pedras calcorreadas por grupos de pessoas que,por estes dias, visitam o Presépio vivo que, ao fim-de-semana, recria as gentes da Judeia aquando do nascimento de Jesus Cristo.

O site que referencio acima é da Câmara Municipal; as fotos acima tirei-as hoje, num dia frio e ventoso, em que valeu a beleza do local para não sairmos dali gelados!!!!

Vale a pena conhecer, e eu gosto de divulgar.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Natal

Sons, palavras e votos, para todos!

Que o natal não seja apenas um dia, em cada ano das nossas vidas, mas um Ano inteiro em cada dia.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009


As imagens do Natal são belas como os sons que se fazem ouvir. Fala-se em gratidão, solidariedade, compaixão, amor fraterno, dádiva, vida, celebração. Passe embora a correria desenfreada que nos ocupa o dia-a-dia. Passe embora a pressa desmesurada de tudo fazer-tudo! de tudo fazer bem, de tudo fazer para não ter tempo para, simplesmente, ser...ainda assim, as luzes coloridas têm um encanto estranho; as músicas sabem bem por serem as de sempre, o frio sabe bem porque é frio o natal da nossa terra. E preparar a árvore de natal mantém a magia de quando era criança. Fazer rabanadas gordas de leite, açucar e canela inunda a casa de um cheiro familiar. E a lenha que se queima na lareira ilumina a noite feita de cumplicidades.
Celebremos, pois. E sejamos mais irmãos, na palavra e no acto.

Feliz Natal!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

One of the most beautiful songs ever...




She may be the face I can't forget
The trace of pleasure or regret
Maybe my treasure or the prize I have to pay
She may be the song that summer sings
Maybe the children autumn brings
Maybe a hundred different things
Within the measure of a day

She may be the beauty or the beast
Maybe the famine or the feast
May turn each day into a Heaven or a Hell
She may be the mirror of my dreams
A smile reflected in a stream
She may not be what she may seem
Inside her shell....

She, who always seems so happy in a crowd
Whose eyes can be so private and so proud
No one's allowed to see them when they cry
She maybe the love that cannot hope to last
May come to leap from shadows in the past
That I remember 'till the day I die

She maybe the reason I survive
The why and wherefore kind of life
The one I care for through the rough and ready years

Me, I'll take the laughter and your tears
And make them all my souvenirs
And when she goes I've got to be
The meaning of my life is
She....She
Oh, she....




terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Fios




Entre fios

e labirintos

tecido

a cores vivas

se escreve

o Amor