terça-feira, 12 de janeiro de 2010



...se eu voar, onde me levarão as asas?
Se eu souber, que saberei eu?
Se eu fôr...para onde irei?





...deixa-me ser a estrela que quero ser.
Deixa-me ser assim.
Deixa-me ser imperfeita
inquieta
indignada.

Deixa-me ser quem sou.
Por trás das gotas de chuva,
deixa-me ser assim.
Imperfeita
inacabada.

10 comentários:

  1. Perfeito...confesso que desconhecia a primeira música, mas é fabulosa. A voz, arrepia. O texto, excelente.

    ResponderEliminar
  2. Maravilha, maravilha...e sejamos sempre obras inacabadas!

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Um belo poema, acompanhado por melodias que fazem realçar as palavras.
    Todos somos livres de ser imcompletos, pois só assim se concebe a vida.
    Deixo... sim...

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Perfeita ou imperfeita, acabada ou por acabar, sê quem desejas ser, deixando a música te transportar...

    Voa... Voa e não olhes para o mar, fixa apenas os teus rasgados olhos na infinita linha ao fundo a chamar...

    Inquieta... Indigna... Sê!
    Pois hoje, são 'apenas' os melhores dias desse teu voar!

    E assim, ao céu se lançou e no meio de gotas de cristal...Voou!

    Beijinhos doces querida Susana

    ResponderEliminar
  5. Não há obras acabadas e ainda bem! O que fariamos depois? A música é lindissima e a imagm do Mondego(julgo ser) é maravilhosa. Conjugação perfeita.
    Um beijo
    Graça

    ResponderEliminar
  6. Sara Tavares é uma das mais belas vozes... que me encanta, me seduz e me aquece o coração.
    Há muito tempo que não ouvia "Eu sei". Obrigada pelo "atear" a recordação.
    Um beijo amigo,
    Susana (a outra) :)

    ResponderEliminar
  7. O Farol está em festa. É o seu 1º Aniversário.

    Teríamos muito gosto que lá passasses para confraternizar connosco e recolher o selinho.

    Beijinhos

    http://nuestramizade.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Que linda música, Suzana! A letra é uma maravilha!

    Obrigada pelo carinho, querida!

    Uma ótima semana para você!

    Beijos
    Vera

    ResponderEliminar
  9. Terra de ENCANTO: todos nos interrogamos, constantemente... E todos nos achamos ,ao mesmo tempo, perfeitos e imperfeitos, justos e injustos ,bons e maus... Maus ,sobretudo, maléficos ,mesquinhos... Avirtude de o sabermos é que nos leva a querermos percorrer caminhos de luz... Triste de quem É perfeito...
    BEIJINHOS DE
    LUSIBERO

    ResponderEliminar
  10. Sou suspeito para falar de Sara Tavares e o meu penúltimo texto é prova disso. Portanto, apenas tenho a felicitar-te pelo teu bom gosto musical. E continuo a ser suspeito!

    :P


    Um beijo, grande :)

    ResponderEliminar