domingo, 7 de agosto de 2016

leve solidão dos ombros
que percorres 
como num desmaio:

grito.

Susana Duarte


Sem comentários:

Enviar um comentário